sábado, 25 de outubro de 2008

é cada doido...

Uma vez o cara tava saindo para o trabalho e o vizinho dele diz:
-- Rapaz, toda vez que vc sai a sua mulher recebe um homem aí na casa dela. Acho que ela tá te traindo.
-- Quê isso! A Olga não é doida de me trair.
No outro dia, o homem trabalhador foi abordado novamente pelo vizinho:
-- Homem, não agüento ver isso! Sua mulher tá te traindo! E sempre que vc está no trabalho!
-- Rapaz, tô falando que a Olga não é doida de fazer uma coisa dessas.
No terceiro dia o vizinho pega o corno trabalhador pelos braços e diz:
-- Vem aqui! Espera um pouco que dentro de alguns minutos chega um cara tocando a campainha da sua casa.
Dito e feito, chega um morenão maceta, a mulher abre a porta pra ele que entra imediatamente.
O homem traído volta pra casa, vai até o quarto e vendo a mulher e o amante na cama, pergunta:
-- Tu é doida é, Olga?

Piadas maaaaravilhosas como essa foram contadas enquanto tomávamos guaraná, depois de um exaustivo dia trabalhando na maquete. Ninguém merece passar massa corrida em isopor, lixar e ficar doidão com o pó que solta da massa.

-- Olha, esse é o Pierre! - disse a Pricila, na casa dela, apresentando seu hamster para o Paulo e eu.
-- Você conversa com o hamster! Tedoidé? - disse o Paulo
-- Eu não, doido é ele que responde!

E já no guaraná mamãe liga, dizendo que ligaram pra casa chorando atrás de um amigo meu.
-- Cora vc conhece algum André ou Felipe?
-- Conheço.
-- O André ou o Felipe, não lembro, desapareceu sem dar notícia.
-- Sério? Mas é André ou Felipe, mãe?
-- Não lembro! A mãe dele ligou desesperada! Parece que ele estaria com você fazendo trabalho da faculdade...
-- Não, não tem nenhum André ou Felipe aqui.

-- Tem algum André ou Felipe na nossa sala?
-- Acho que não - respondeu o Paulo quando foi me deixar em casa - engraçado que são dois nomes completamente diferentes! Como é que sua mãe se confunde?
Assim que cheguei fui logo perguntando se era André ou Felipe.
-- Não lembro... mas ela deixou um telefone.
Liguei e ouvi uma voz soluçante
-- Cora -chuif- cadê meu namorado? -chuif-chuif- cadê ele, pelo amor de Deus?
-- Quem tá falando? - perguntei curiosíssima para saber se era namorada do André ou do Felipe:
-- Chuif-chuif... aqui é a Cris, namorada do Paulo!

7 comentários:

Loren4ever disse...

fala cora cat !!
=]
pow.. era o paulo! auehehe
massa o texto!
=*

Pricila disse...

hauhauhauh sua doida, naum precisava dizer que era eu a autora daquela frase... brincadeirinhaaaaa
putz andre ja eh muito diferente de felipe quanto mais de Paulo...

Bruna disse...

Tua mãe né?
explica toda a confusão.
ela é sua mãe.
e de onde vem sua loucura?!
eiiii, me diz que tu tá bem!
beeiiijo.

Régis Calixto disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
A Chaguinha é hilária mesmo.
MAs também... olha de quem ela é mãe né?! rsrsrsrs.

E tadinha da Cris, devia estar super preocupada mesmo.
Ah Paulo mal-carater e sem consideração com a namorada... manda msg rapá!

Ah, muito boa piada viu?! "Olga, tu é doida?!" kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Beijo e aparece pô!

passa lá:
http://regiscalixto.blogspot.com

Sam disse...

CORA CORADA! QUERIDA CORA!!!

Vc ainda existe! a fada milly ainda existe!!
tinha ouvido alguns comentários, mas sabe cm sao essas coisas lendárias.. as vezes a gente nao acredita em tudo q ouve por aí..
=)

feliz!

''SOL'' disse...

Cora coralita, coralina, coradona doidona:
só tenho algo a dizer:
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!
mt engraçado! ;)

Karina May disse...

Muito bom! rsrsrsrs
Massa mesmo ^^