sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

momento "mamãe, faço teatro"

A última aula do semestre foi a de Improvisação Corporal.
O professor tem a fama de ser um mago, bruxo, que no último dia de aula olha para você, e descreve suas características psicológicas de uma forma que não tem como você dizer que é mentira.

Posto aqui uma mostra do trabalho de improvisação feita em dupla, com Danilo Lacerda.
Danilo é uma figura que também é fã de Lila Downs e Eugenia León. Ao ouvir a música "La Bruja" me chamou para fazer dupla com ele propondo:
- Posso ser a bruxa que te domina e molesta?
- Claro. - eu disse.

Foto de Bruni Santiago


Mas como a música que embalou nosso semestre hispânico foi "La llorona", não poderia faltar uns trechos dela. A primeira parte com Chavela Vargas e a segunda com Joan Baez. Ficou uma miscelânea esquisita na edição, cortes bruscos nas músicas. Pensamos até em tirá-las, mas a homenagem tinha que haver.

O ensaio, de onde os movimentos improvisados surgiram:




Abaixo trechinho da aula final, filmada por Eneida Baraúna:





E a cena na íntegra, filmada por André Avellar:



A iluminação, que também era improvisada e atendia a todas as outras duplas, acabou atrapalhando um pouco, mas isso são aprendizados. Eu estava de olhos fechados na maior parte do tempo, para dar a ilusão de desacordada, não fazia ideia de onde estava a luz. Enquanto isso, La Bruja me dominava com seus poderes e me molestava.
Que fófis.

É isso, mamãe.


6 comentários:

Bella disse...

Cacete!!!!
que máximo Cora!!!!
amei!!!
parabéns..bj

Edgar Borges disse...

Então é verdade que hay brujas en la noche? Corre, Cora, corre!

Juliana disse...

Muito interessante de assistir! Parabéns!

Anônimo disse...

momento mamãe ta orgulhosa!!!

sério!
vc me orgulhou nessa vida... rsrsrs

Anônimo disse...

e nao, nao é a mamãe mesmo.
sou eu, brescia.

Elimacuxi disse...

Yo lo sé 'que bonito es volar a las dos da mañana' con vos. Que bonito, chica.
Besos.